Fique Sabendo Benficanet
Cursos contribuem na capacitação de jovens da comunidade

Objetivo do projeto é permitir que tenham maiores oportunidades de trabalho  - 14/02/2017

1196 acessos

Crianças atendidas pela CdS

O "Projeto Inclusão Digital" com Cursos Profissionalizantes para jovens é mais um exemplo do comprometimento da Associação Central da Solidariedade (CdS) junto à comunidade, que vai precisar muito do apoio de empresas da nossa região.

A associação funciona desde 2009 na Zona Norte de Juiz de fora, em Benfica, se mantendo unicamente de doações, recebendo crianças de 7 à 14 anos. Hoje em parceria com o Gente em Primeiro Lugar, oferece aulas de teatro, dança, flauta e percussão. Ocupando com atividades saudáveis, o tempo ocioso dos alunos no contraturno escolar, querendo sempre que eles tenham uma boa conduta no meio em que vivem.

"Percebemos que nossos jovens tem uma certa dificuldade para entrar no mercado de trabalho, porque falta capacitação. Daí a nossa preocupação com essas crianças que a partir dos 14 anos são lançadas à sociedade sem nenhuma preparação, pois nessa idade deixam de ser atendidas também pelos Curumins e outros projetos", diz Maria Leonor Marques, vice-presidente e coordenadora da Central da Solidariedade.

Desde 2013 a associação vem buscando realizar esse trabalho e com ajuda de voluntários, conseguiu inicialmente oferecer um pequeno, mas muito valioso, curso de Vendas e Atendimento ao Público para doze jovens. Só não foi possível dar continuidade nos anos seguintes por falta de parceiros que pudessem investir no projeto.

Em 2014 projetaram o "Inclusão Digital" com objetivo de beneficiar alunos da rede pública, oferecendo Curso Básico de Informática. Após muita persistência e várias tentativas, receberam uma doação de sete computadores, mas sem ajuda financeira se tornou impossível a concretização do curso.

E foi em 2015, que veio o auxílio de uma Organização Sem Fins Lucrativos da Suíça, a Sponsorship NetWork, que permitiu concluir dois cursos até o primeiro semestre de 2016. Onde 35 alunos fizeram o curso recebendo seus certificados em dezembro de 2015. E no semestre seguinte, mais 49 jovens e adultos também se formaram.

Acima formandos 2015 e abaixo os formandos em 2016 do Curso de Informática  (fotos cedidas pela CdS).

Com a dificuldade na captação de recursos, a associação não conseguiu manter os cursos no segundo semestre de 2016, tendo em vista a necessidade de pagamentos dos profissionais, como professor, psicólogo e o educador social que é fundamental para continuidade desse projeto.

"Com os jovens, vem as famílias que estão passando por diferentes situações, os irmãos menores que direcionamos para nossas oficinas. Então existe uma demanda bem maior e por isso precisamos oferecer o acompanhamento adequado, onde além do professor, precisamos do educador social que hoje é uma exigência da assistência social", reforça Leonor.

Em 2017 a Central da Solidariedade busca a realização dos cursos de informática nos dois semestres. Para que isso aconteça, irá contar totalmente com as empresas que se preocupam com a responsabilidade social e queiram se tornar parceiras deste projeto. Contribuindo de forma positiva na formação desses jovens que necessitam se capacitar para terem melhores oportunidades de trabalho, mas infelizmente não podem pagar cursos particulares.

O curso de capacitação em Informática é conduzido pelo professor Gilberto Alves e são nos níveis juvenil e profissionalizante, incluindo as etapas: comunicação para o mercado de trabalho, desenvolvimento de currículo e entrevista de emprego, além das palestras de formação humana, orientação profissional e formatura. Para participar, o jovem deve ter acima de 11 anos e ainda não ter realizado nenhum outro curso de informática.

Haverá uma Reunião Introdutória do Curso de Informática, dia 4 de março, às 16 horas, no Centro Cultural de Benfica.

Maiores informações: 32.3226-5240 - Rua Martins Barbosa, 639 - Benfica (próximo ao Bahamas)

Crianças atendidas pela CdS em momento de lazer no intervalo das atividades.
Maria Leonor, vice-presidente da CdS e Joana Ferreira, psicóloga e assistente de coordenação.

Um pouco mais sobre a Central da Solidariedade

Projeto Estar Bem


Foto Max Carvalho  (foto cedida pela CdS)

Em 2015, a Miss Mundo Minas Gerais, Julia Horta, realizou na instituição uma oficina do seu projeto social Estar Bem, dando noções de postura, desfile, beleza e saúde para nossas adolescentes. A oficina terminou com um desfile na Praça Céu, e uma mensagem super positiva de que beleza e cuidado está ao alcance de todas. Julia e as meninas da CdS também desfilaram no encerramento da campanha de arrecadação de merenda e papel ofício realizada pelos Formandos do Curso de Eventos da Faculdade Machado Sobrinho.

Atividades Regulares

As crianças participam de oficinas de Teatro (professor Lucas Nunes), Dança (professor Helder Oliveira), Flauta (professora Raquel de Souza) e Percussão (professora Lisandra Romano), permitindo que elas participem de apresentações em festivais, recitais de música e na Praça CEU.


Os meninos da Oficina de Percussão da Associação e o professor Stanley Palmeira no Recital Música da Gente, no Centro Cultural Dnar Rocha (foto cedida pela CdS)

Para os adultos e terceira idade, são realizadas algumas atividades como a oficina de Artesanato conduzida por Maria Rita Silva. Outras ações como bazar solidário e homeopatia (Terapeutas Homeopatas Romilda Moreira e Luzia Carchedi) também são oferecidas à comunidade. Em datas especiais fazem distribuição de alimentos.

Fotos cedidas pela CdS    
Benficanet é parceiro na divulgação dos trabalhos sociais dessa instituição. Veja!

Visite também a página da CdS na rede social: facebook.com/associacaocentraldasolidariedade/
  
   Comente!

___________________________________________________________________________________________________________
© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com