Fique Sabendo
Dia da Mulher foi marcado por ato público na feira de Benfica - 08/03/2014

1693 acessos.

No último sábado (08), várias mulheres trabalhadoras fizeram um ato público na feira de Benfica, discutindo como a violência tem ameaçado cada vez mais as mulheres e suas famílias no Brasil, em Juiz de Fora e, especificamente na Zona Norte, região com maior índice de violência da cidade.

Frente a esta realidade, as mulheres retomaram o dia como um dia de luta por direitos e se manifestaram para que os governos invistam no combate à violência, pela aplicação e ampliação da lei Maria da Penha e por uma delegacia de mulheres e casa de abrigo que atendam a Zona Norte.

"A realidade que estamos vivendo é de crescimento da violência contra a mulher, dessa forma, temos o dever de resistir e divulgar essa resistência a todo canto", diz Paula Carpanez, moradora de Benfica, professora da escola estadual Ana Salles e militante do movimento mulheres em luta (MML).

No mesmo dia, mulheres membros de uma igreja evangélica, também realizaram um movimento em prol do dia da Mulher panfletando e cumprimentando as mulheres que por ali passaram.

Comentários:

Miguel Ribeiro Gomide - Santa Helena - Juiz de Fora-MG - 11/03/2014
Benfica demonstra mais uma vez, a sua perfeita sintonia com a atualidade dos fatos. Este ato público liderado pelas mulheres trabalhadoras benfiquenses é uma prova. E a aplaudida organização do evento está evidente em sua uniformização com camisas rosas e na reivindicação. Benfica merece uma Delegacia de Mulheres e uma Casa de Abrigo. É necessário que o Poder Público Municipal atenda de imediato a solicitação porque é justamente nele que respinga essa triste e prejudicial omissão.
  
    Comente!
© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com