Fique Sabendo
Semana Santa

Lava-pés lembra vítimas da violência na região de Benfica
- 16/04/2014

1386 acessos.

Nesta quinta-feira (17/04), a cerimônia de Lava-pés na Igreja Imaculada Conceição vai lembrar o sofrimento das vítimas de violência e tráfico humano na região. Os doze convidados para participar do ritual cristão são pessoas que estão relacionadas ou representam esta temática. Entre elas, encontra-se a mãe de um jovem de 20 anos que foi assassinado há um ano atrás, aproximadamente. "Campanha da Fraternidade deste ano nos convoca a refletir sobre o tráfico humano, mas isto é a realidade das famílias de nossa região, quando elas tem seus filhos e filhas aliciados pelo tráfico ou pela prostituição", argumenta Pe. Guanair da Silva Santos, pároco.

A quinta-feira Santa é o dia que se recorda a instituição da Eucaristia, do Sacerdócio e do Mandamento Novo: "Amai-vos uns aos outros" (Jo 15, 12). "Ao lavar os pés dos apóstolos, Jesus quer mostrar aos seus discípulos que a vida é servir aos irmãos, principalmente os mais vulneráveis. Nós recordamos e refazemos este gesto no intuito de atualizá-lo" complementa o padre.

A cerimônia acontece nesta quinta (16/04), 19h, na Igreja Imaculada Conceição, à rua Tomé de Souza, Benfica.

Paróquia de Benfica leva cruz ao residencial Miguel Marinho

Os paroquianos da região de Benfica vão levantar cedo nesta sexta-feira Santa (18/04) para lembrarem da Paixão de Cristo e refletir sobre a Paixão do Povo. Esta é a proposta do pároco Guanair da Silva Santos, ao convocar as comunidades para fazerem uma Caminhada Penitencial, às 5h da manhã, saindo da Igreja Matriz no centro do bairro, em silêncio, levando a cruz de madeira para ser implantada no residencial Miguel Marinho.

"O sofrimento do povo vem antes do tempo de Jesus Cristo e continua. Precisamos atender ao apelo do Papa Francisco e ir até aqueles que mesmo em tempos de abundância de tecnologia carecem de necessidades materiais e são excluídos da sociedade. Temos que fazer um encontro com Cristo na sua experiência misericordiosa", argumenta o padre que também é mestre em Liturgia.

Ele destaca que existem no residencial quase 500 famílias vivendo em situação crítica, com dificuldades de acesso a serviços públicos primordiais (saúde, educação e segurança) e precariedade na infraestrutura de suas moradias (ruas sem iluminação e asfalto). "É importante que nós, cristãos, vejamos essa realidade, levemos um pouco de conforto com a Palavra e Oração e também sejamos solidários às lutas por melhorias na vida dessas pessoas", argumenta Pe. Guanair.

A cruz de madeira cumaru possui quatro metros e pesa mais de cem quilos. Será erguida no terreno doado por um paroquiano destinado à construção da capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Os fiéis foram orientados a fazerem sua oração e depositarem seus pedidos aos pés do objeto, representando a entrega de suas necessidades e compaixão a Cristo. A saída da caminhada é na Igreja Imaculada Conceição, à rua Tomé de Souza, em Benfica, às 5h, chegando à rua Cel. Stênio de Paula Cunha, lote 13, residencial Miguel Marinho.

Outras informações: Paróquia Imaculada Conceição 3222-1266

  
    Comente!/strong>
© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com