Fique Sabendo
 
Reformulado, programa Bom de Bola é retomado na cidade neste sábado - 14/09/2013

1936 acessos.

 

Aconteceu na manhã de sábado (14), no Esporte Clube Benfica, o lançamento do programa Bom de Bola, reformulado pela nova Administração, através da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), com o apoio das secretarias de Desenvolvimento Social (SDS) e de Educação (SE). O lançamento marca o início imediato das atividades no próprio clube e em outras três localidades. Barreira, Nova Era e Milho Branco também começam os trabalhos nesta semana.

Provocando o ensino da prática esportiva especializada para crianças e adolescentes, o Bom de Bola vai atender crianças e jovens entre 6 e 16 anos no contraturno escolar nas cinco regiões de Juiz de Fora. Serão atendidos ao todo 5 mil alunos.
O programa Bom de Bola objetiva contribuir com o desenvolvimento físico e conectivo das crianças e com a redução dos índices de violência favorecendo o pleno exercício exercício da cidadania para seus integrantes além do resgate da auto-estima e da dignidade humana.

danilo-batista-ecbLeila Ribeiro, presidente do Esporte Clube Benfica, diz que a região de Benfica em grande desenvolvimento urbano precisava realmente de um trabalho como o programa Bom de Bola, sendo o esporte uma prática muito importante e um projeto bacana para as crianças que vivem com tantos problemas sociais. Leila na ocasião aproveitou para prestar uma homenagem à Danilo Batista, que recebeu das mãos do prefeito Bruno Siqueira uma placa de agradecimento pela sua dedicação às crianças da comunidade.

O secretário de esportes de Juiz de Fora, Francisco Canalli - Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), agradeceu aos parceiros neste programa e lembrou que desde que começaram na administração do Bruno Siqueira, o prefeito já demonstrava sua preocupação em tirar as crianças das ruas, dizendo que precisava remodelar e retomar o programa Bom de Bola, sabendo que o Brasil enfrenta essas dificuldades na ociosidade das crianças e adolescentes, e Juiz de Fora não foge à regra, o programa se tornou então, um compromisso social. Canalli acredita que o Bom de Bola será um sucesso e num futuro bem próximo não haverá ociosidade na vida destas crianças e adolescentes, que terão acompanhamento pedagógico da Secretaria de Educação, acompanhamento social através da Secretaria de Desenvolvimento Social, observando o dia a dia desse pequeno cidadão que se forma em Juiz de Fora.

O presidente da Câmara Municipal de Juiz de Fora, Júlio Gasparette, considera mais do que justa a homenagem feita ao Danilo, que não é só um ex-atleta do futebol profissional de JF, mas também um baluarte, que com certeza dará o apoio merecido aos alunos, junto à todos os envolvidos fazendo um Bom de Bola de verdade, onde os pais e famílias possam acreditar no trabalho dos treinadores e professores dirigidos pelo Canalli.

O prefeito Bruno Siqueira afirma que o retorno do programa Bom de Bola com objetivo de até 25 núcleos e posteriormente ampliando ainda mais esse número, sem dúvida nenhuma será um grande passo para que possam realizar uma maior inserção do esporte através das crianças, adolescentes e toda juventude da cidade de Juiz de Fora. O prefeito aproveitou o momento para cumprimentar Aline Junqueira, presidente da AMBB dirigida pelo Grupo Benfica bem melhor, que tem feito junto à sua equipe um grande trabalho no bairro e saudou à toda comunidade presente citando alguns de seus projetos de melhorias a serem executados na Zona Norte.

DSC09944 DSC09951 DSC09958 DSC09961
DSC09970 DSC09978 DSC09983 DSC09993
DSC00003 DSC00016 DSC00024 DSC00031

A Secretaria de Esporte e Lazer vai supervisionar nas escolas as inscrições para o Bom de Bola. Após a inscrição, os alunos devem passar por exames médicos realizados em postos de saúde. Nos núcleos, os atendidos serão avaliados pelo aprendizado que recebem, tanto dos fundamentos quanto das técnicas e táticas, a participação coletiva e individual e o desenvolvimento pedagógico e social.

Os professores darão aulas em dois turnos de três horas cada. Além da prática do futebol, aulas sobre higiene corporal e teorias esportivas estão envolvidas no Bom de Bola. "Depois de formados os núcleos, os alunos participarão de um torneio interno envolvendo as turmas do Bom de Bola, onde teremos a oportunidade de montar uma seleção que representará Juiz de Fora em torneios regionais, estaduais e nacionais", explica Canalli.

 
  
    Comente!
 
  

© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com